Coffee Traders' Forum - A Discussion about Coffee Futures Trading


Coffee Traders Discussion Forum

Coffee Traders' Forum

The marathon - Brazil - Rains

The marathon of the drought has already begun, in the first four months of the year the rains in the region of meadows were only 62% of the average.

Chuvas de janeiro a abril atingem 62% do esperado na região de Campinas

Data: 02/05/2018

O primeiro quadrimestre teve 62% do volume de chuva esperado para o período em Campinas (SP), de acordo com o Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas Agricultura (Cepagri) da Unicamp. Foram 268mm a menos. Em abril as chuvas significativas se concentraram em apenas três dias - 1º, 3 e 25 - e o cenário acende o alerta para uma estiagem mais seca e precoce este ano.

Segundo a meteorologista do Cepagri Ana Àvila, no total, o volume esperado para janeiro, fevereiro, março e abril era de 717,1mm, e o registrado foi de 448,7mm. No último mês, os pontos de captação registraram 44,7mm, sendo que eram esperados 58,6 mm, o equivalente a 75%.

"Todos os meses do ano tiveram chuva abaixo da média. As chuvas estão muito irregulares, a gente teve um volume inexpressivo na virada do mês. Na semana passada algumas cidades receberam uma chuva pontual, 1,7mm em Campinas, muito isolado e de baixo volume. [...] As estações estão mais secas", explica Ana.

"O verão mais seco tende a prejudicar o abastecimento de rios e mananciais. [...] A gente teve toda a estação de reposição de água abaixo da média. [...] As queimadas estão acontecendo em um número importante. A umidade relativa do ar tem estado em torno de 30%, que é estado de atenção", completa a meteorologista.

A radiação ultravioleta também tem ficado em estado de alerta e atenção nos últimos dias, segundo o registro da Defesa Civil. A economia de água e cuidados na hidratação do corpo são essenciais, segundo Ana. Não há expectativa de chuva importante para os próximos dias.

"Pelo baixo volume de chuva, atenção aos rios. Chuvas foram muito irregulares, não foi uma chuva boa para abastecimento de água e mananciais. Precisa de um volume contínuo para abastecer os mananciais", diz.

Reflexo nos rios

Diante dessa situação, os rios que passam pela região de Campinas estão com vazão e níveis mais baixos, segundo a Sala de Situação das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ).

Nesta quarta-feira, o Rio Atibaia, que abastece 95% de Campinas, estava com vazão 52% abaixo do esperado nesta manhã e nível 28% abaixo, segundo dados do posto de medição do manancial.